quinta-feira, 9 de maio de 2013

Pastora Suzane Richthofen

!cid_379C641F7D704F94B8C6CF8D728B5779@rhumorSuzane Richthofen, personalidade brasileira que adquiriu seu status após decidir assassinar os próprios pais, parece ter dado outro rumo à sua existência. Presa desde 2002 em regime fechado na Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), Suzane acaba de se tornar pastora evangélica. Além do mais, devido à sua conduta impecável, logrou, junto à Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), mudar o regime de fechado para semiaberto, quando é possível deixar o presídio durante o dia para trabalhar.
E, de fato, conseguiu um trabalho junto a outros criminosos que laboram poucas horas por dia. Devido à intercessão do Deputado Marco Feliciano, Suzane foi compulsoriamente filiada ao PSC (Partido Social Cristão) e, de quebra, foi nomeada para a presidência da CSSF (Comissão de Seguridade Social e Família), mais uma entre as controversas Comissões Permanentes da Câmara dos Deputados.
Obs. Tire suas duvidas clicando nos links acima.
Ora, mas também ela só matou o pai e a mãe, que mal há nisso???

1 comentários:

Anônimo disse...

Coisas do brasil.....uma pessoa assasina os pais, depois se converte ao cristo...e comeca a pregar o amor entre as pessoas.....Quem acredita nisto?
Somente o Feliciano para apoiar um despauterio destes.....Avisem ao pastor Feliciano que o matador de Elisa Samudio tambem se converteu e esta precisando de uma igreja para se tornar pastor.......que horror......coisas do Feliciano.

Postar um comentário

Pufolandia João Pessoa