quarta-feira, 20 de abril de 2011

Limpar corretamente o pênis evita o câncer e a amputação

xdestaque-144323-lula_jpg_pagespeed_ic_Eu9OUIwXae Por ano, cerca de mil homens têm o pênis amputado por causa do câncer, segundo dados do Sistema Único de Saúde (SUS).

"O câncer de pênis é muito freqüente nos países subdesenvolvidos. Falta de higiene, fimose e associação com o vírus HPV aumentam o risco de desenvolver a doença", contou Gustavo Guimarães, oncologista e diretor do núcleo de urologia do Hospital A.C. Camargo, de São Paulo (SP).

O pênis produz uma substância esbranquiçada e gordurosa, chamada esmegma, para limpar e lubrificar o órgão genital. Todavia, é preciso higienizar adequadamente o membro para remover o esmegma, evitando a proliferação de bactérias e infecções. Um dos fatores que mais atrapalha os homens na correta limpeza do pênis é a presença da fimose, quando o prepúcio não se descola totalmente da glande, prejudicando a higienização.
Para a limpeza não existem mistérios, apenas água e sabão são suficientes.

Ads by AdGenta

O câncer de pênis é bastante agressivo e não tem, necessariamente, uma ligação com DSTs. A amputação, parcial ou total, é um dos últimos recursos usados pelos médicos para salvar a vida do paciente. Dependendo do estágio da doença, até mesmo os membros inferiores acabam sendo amputados.

É importante lembrar que se o problema for descoberto no início, pode ser tratado sem a amputação. Mas é necessário que o homem procure e converse com o urologista "toda vez que aparecer uma ferida, principalmente indolor, e se o homem tem fimose”.

Fonte: http://cenag.uol.com.br/saudeebeleza_ler.php?id=NTMzOA==

0 comentários:

Postar um comentário

Pufolandia João Pessoa