sábado, 12 de fevereiro de 2011

Concílio de Trento

8 de fevereiro de 1550 - Primeiro dia do pontificado do Papa Júlio III - Estátua monumental de bronze representando Júlio III erigida em Pérousse em 1555.

No dia 10 de novembro de 1549, Papa Paulo II e os cardeais, divididos em três facções, reunem-se. Foram necessárias 10 semanas para chegarem a um acordo e eleger Giovan Maria de Ciocchi del Monte, que se tronou Papa com o nome de Júlio III.

O seu pontificado marcará o fim do Concílio de Tento. Júlio III determina a autoridade da Bíblia como livro sagrado, o pecado original e a sua justificação, confirma os sete sacramentos, o culto dos santos e das relíquias, bem como o dogma da transubstanciação. No plano disciplinar, cria os seminários diocesanos, destinados a formar padres.

O Concílio de Trento foi o acontecimento mais importante da história do catolicismo.

Para tentar barrar o avanço do protestantismo, após a Reforma Protestante, o Papa convocou um concílio para a cidade italiana de Trento. O Concílio de Trento foi realizado entre os anos de 1545 e 1563. Vários assuntos foram discutidos e várias ações entraram em execução.

Principais decisões tomadas durante a Contra-Reforma:

Retorno da Inquisição: tinha como objetivo vigiar, perseguir, prender e punir aqueles que não estavam seguindo a doutrina católica. Milhares de protestantes, judeus e integrantes de outras religiões foram perseguidos e punidos pelo Tribunal do Santo Ofício.

Criação do Índice de Livros Proibidos

(Index Librorium Proibitorium): relação de livros contrários aos dogmas e idéias defendidas pela Igreja Católica. Os livros apreendidos eram queimados. Quem fosse pego com materiais deste tipo receberia punições severas. Vários escritores, muitos deles cientistas, foram presos e condenados por escreverem livros com idéias não aceitas pelos católicos. Era uma forma de barrar o avanço de outras doutrinas e manter o controle cultural nas mãos da Igreja Católica.

Criação da Companhia de Jesus: os integrantes desta companhia eram os jesuítas. Estes foram encaminhados aos continentes africano, americano e asiático. Tinham como objetivo principal transformar os nativos em novos católicos, através da catequização (ensino da língua portuguesa, doutrina católica e hábitos europeus). Os índios brasileiros foram catequizados por jesuítas como, por exemplo, Padre Manoel da Nobre e José de Anchieta.

0 comentários:

Postar um comentário

Pufolandia João Pessoa