quinta-feira, 12 de abril de 2012

Faroeste na TV

Quem é admirador das séries de faroeste de antigamente, também conhecidas como "westerns" ou "bang-bangs", certamente não troca por nenhum outro gênero um bom episódio de faroeste cheio de tiros, pistoleiros destemidos e bandidos fora-da-lei, tudo ambientado em desertos, ranchos e cidadezinhas distantes do velho-oeste americano. Os filmes de faroeste, no passado, eram muito difundidos nos cinemas americanos e ao longo do tempo passaram a fazer parte da programação da TV também. Aqui no Brasil, esse gênero também conquistou muitos admiradores, inclusive tendo programas especiais como a famosa sessão de "Bang-Bang à Italiana" na TV Record - a emissora era especializada neste tipo de filme e série.

A fase áurea das séries de faroeste foram as décadas de 50 e 60, onde foram produzidos os mais importantes e conhecidos e que, também, passaram a fazer parte da programação brasileira. Quem nunca ouviu falar de "Bonanza" e sua famosa música de abertura?

Eu fiz uma pesquisa em alguns sites relacionados ao assunto e no próximo tópico faço um modesto resumo daqueles seriados que muito me cativou quando criança, na época dos tempos dourados. Clique no link abaixo e confira:

Bonanza - Bonanza (1959)

Esta série é a mais famosa do gênero nos Estados Unidos e aqui no Brasil também fez bastante sucesso. Ela conta as histórias da família Cartwright (Benjamin, Adam, Hoss e Little Joe) vivendo no rancho "Poderosa". A série teve início em 1959 e acabou em 1973 com 430 episódios. Em quantidade de episódios a série só perde para "Gunsmoke", com 635 episódios.

As Aventuras de Rin Tin Tin - Rin Tin Tin (1954)

Esta série conta as aventuras do Cabo Rusty (Lee Aaker) junto ao seu fiel cachorro Rinty, que foram adotados pela cavalaria americana após perderem a família durante um ataque de índios em uma caravana. Outro personagem importante nas histórias é o Tenente Rip Masters (James L. Brown), principal amigo e guardião do garoto Rusty. Acredito que, dentre os cães famosos de séries, Rinty só perca em fama para a cadela da série "Lassie".

Bat Masterson - Bat Msterson (1957)

Bat Masterson (Gene Barry) é um homem de negócios e ótimo jogador de cartas. Seu diferencial para os outros cowboys é sua roupa nada apropriada, um chapéu coco, um terninho e sua inseparável bengala que, na verdade, é uma espada. Aqui, em nosso país, a música que foi tema da série ganhou uma versão que ficou famosa, interpretada pelo cantor Carlos Gonzaga ("No velho oeste ele nasceu, e entre bravos se criou. Seu nome em lenda se tornou, Bat Masterson, Bat Masterson....").

Johnny Ringo - Johnny Ringo (1959)

Cada pistoleiro ou mocinho dos faroestes tem sua marca registrada ou algum diferencial. O diferencial de Johnny Ringo (Don Duran) é sua pistola que tem uma bala extra no tambor. Quando seu oponente descarrega suas balas é certeza de seu fim, pois Johnny ainda tem mais uma preparada na ponta da agulha. Conta ainda com um ajudante chamado Curly (Mark Goddard, o major West da série "Perdidos no Espaço").

Zorro - O Cavaleiro Solitário - Lone Ranger (1950)

Quem nunca ouviu o célebre grito "Aiô, Silver"? Pois é... esta é a chamada para o cavalo branco do pistoleiro mascarado galopar em disparada à procura de aventuras pelas planícies e desertos americanos em busca da defesa, lei e ordem no velho-oeste. O mascarado é Zorro (Clayton Moore) e não é tão solitário, pois conta com a ajuda do amigo índio chamado Tonto (Jay Silveheels).
 
Cimarron - Cimarron Strip (1967)
 
Existiram duas séries de faroeste com o nome de uma cidade do velho-oeste chamada Cimarron. Nesta série, as aventuras giram em torno do xerife Crown (Stwart Witman), que tenta a todo custo manter a lei na cidade, mas tem seu trabalho dificultado por muitos pistoleiros e foras-da-lei.
 
Durango Kid - Durango Kid (1945) Durango Kid (Charles Starret) é um pistoleiro mascarado que é ajudado pelo amigo Smille (Smille Burnet) a botar ordem no velho-oeste. Além do personagem da série televisiva, Durango Kid é também personagem de histórias em quadrinhos e fez muito sucesso em filmes para o cinema.
 
Maverick - Maverick (1957)
Maverick (James Garner) é um pistoleiro que adora um joguinho de cartas, mas não descuida da bandidagem. O ator James Garner, anos mais tarde, deixou a série e entra em seu lugar Roger Moore, no papel do primo Beau Maverick.
 
Patrulheiros do Oeste - Toddy - Tales of the Texas Rangers (1955)
 
Faroeste sobre dois patrulheiros do Texas. Na época, esta série aqui no Brasil era patrocinada pelo achocolatado Toddy, por isso também recebeu o nome de "Patrulheiros Toddy". Aliás, quem comprasse o produto ganhava soldados e índios de brinquedo.
 
Custer - Custer (1967)
Série sobre as aventuras do General Custer e sua tropa enfrentando a tribo indígena do chefe Touro Sentado.
 
Zorro - Zorro (1957)
A série Zorro não é exatamente um faroeste, mas toda ambientação e produção tem vários elementos que caracterizam séries de faroeste e, por esse motivo, é citada aqui como sendo. Zorro é um herói bem antigo que a Disney transformou em série, fazendo dele um personagem conhecido mundialmente. A série mostra as aventuras de Dom Diego de La Vega (Guy Williams) que, disfarçado como o herói mascarado Zorro, enfrenta o Capitão Monastario (Britt Lomond) e o Sargento Garcia (Henry Calvin). Zorro conta com a ajuda de seu pai Dom Alejandro (George J. Lewis) e o criado ernardo (Gene Sheldon). A série fez um grande sucesso na época e até hoje é reprisada na TV brasileira.
 
Valente do Oeste Wild Bill Hickok (1951)
 
Bill Hickok (Guy Madison) e seu ajudante (Jingles Andy Devine) lutando contra os foras da lei

0 comentários:

Postar um comentário

Pufolandia João Pessoa